Especial carreiras: CFN

Você conhece o concurso para ser soldado do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha? São abertas cerca de mil vagas anualmente para esse concurso.

Internamente o CFN atua na segurança das instalações da Marinha e no auxilio a população através de ações cívico-sociais. No exterior, protege as embaixadas Brasileiras na Argélia, Paraguai, Haiti e Bolívia, e em diversas missões junto a ONU. Participou de todos os conflitos armados da Historia do Brasil.

O Corpo de Fuzileiros Navais é uma unidade de elite da Marinha do Brasil.

Neste ano foram abertas 960 vagas no total. Distribuídas entre as turmas I e II do ano de 2020 e de acordo com as localidades da seguinte forma:

  • 490 vagas para as Unidades da MB no Rio de Janeiro;
  • 126 vagas para Unidades da MB em Brasília – DF;
  • 61 vagas para o Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande – RS;
  • 45 vagas para serviço, após o Curso, inicialmente, no 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas – Belém – PA;
  • 15 vagas destinadas ao Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário – MS;
  • 119 vagas destinadas ao 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas – Manaus – AM;
  • 30 vagas para o Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal – RN;
  • 59 vagas no Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador – BA; e
  • 15 vagas destinadas ao Batalhão de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica de Aramar – SP.

 

Pré-requisitos

  • Ser brasileiro, do sexo masculino;
  • Ser voluntário;
  • Ter 18 anos completos e menos de 22 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro 2020 (para o concurso de 2019);
  • Não ser isento do serviço militar;
  • Ter concluído, com aproveitamento, o ensino médio ou curso equivalente, em estabelecimento de ensino reconhecido oficialmente;
  • Ter altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m;

 

O concurso

O concurso é dividido em diversas etapas. A primeira delas é a prova escrita, que tem duração de três horas. A prova é composta pelas disciplinas matemática e língua portuguesa, abrangendo assuntos previstos no programa do concurso, Anexo C. Em 2019 a previsão é que a prova ocorra no dia 28 de Maio.

Os classificados na primeira etapa passarão em seguida por verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, teste de aptidão física de ingresso e avaliação psicológica.

 

A formação

Os aprovados em todas as fases serão matriculados no curso de formação, a primeira semana do curso é a semana de adaptação. A partir daí tem início a formação, que tem duração aproximada de 17 semanas. Serão considerados a partir de então Recruta Fuzileiro Naval. Os recrutas terão durante o curso direito a alimentação, o curso, assistência médica e odontológica, uniformes e bolsa, ajuda de custo, prevista em lei.

As primeiras 7 semanas ocorrem em regime de total internato, ou seja, sem sair no final de semana, as famílias podem visitar os recrutas em alguns finais de semana agendados pela Organização Militar. Passada essa fase, os recrutas podem ir para casa as sextas-feiras, e devem se apresentar ao quartel no domingo.

A formação será conduzida no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (CIAMPA), que fica no Rio de Janeiro e, simultaneamente, no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB), em Brasília.

Após as 17 semanas de treinamento, o recruta faz um juramento à bandeira e se compromete em permanecer no Corpo de Fuzileiros Navais por, pelo menos, dois anos. Durante esses dois anos é ministrado o Curso de Formação de Soldado.

Após o curso, o SD-FN é movimentado para uma das diversas Organizações Militares do Corpo de Fuzileiros Navais.

No terceiro ano de carreira, o soldado fará opção das diversas especialidades existente no Curso de Especialização de Cabos, conforme a seguir:

  • AT – Artilharia;
  • IF – Infantaria;
  • ES – Escrita;
  • MO – Motores e Máquinas;
  • EG – Engenharia;
  • CN – Comunicações Navais;
  • CT – Corneta e Tambor;
  • AV – Aviação;
  • ET – Eletrônica;
  • EF – Enfermagem; e
  • BD – Blindado.

 

Esse foi Especial Carreiras sobre a jornada de um recruta e soldado Fuzileiro Naval.

Tem entre 18 e 22 anos e sonha com uma carreira militar? Essa pode ser a sua chance. A prova de 2019 se aproxima.

ESTUDE JÁ COM O MATEMÁTICA PASSO A PASSO 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *