Meditação e concursos

Você já pensou em meditar? A nossa proposta de hoje é um pouco diferente.

Já faz tempo que a meditação deixou de ser coisa de monges budistas. E a ciência já provou, meditar faz bem para o corpo e para a mente.

O que talvez você não saiba é que a meditação melhora a concentração, memorização, equilíbrio emocional, redução do estresse e da ansiedade. São características desejadas por todo candidato para obter aprovação em concursos, certo?

O estresse do dia a dia, a pressão, a quantidade de conteúdo para ser vista, leva muitos concurseiros a perderem o sono. Como tentativa de melhorar os sintomas já sugerimos aqui a prática esportiva, os hábitos saudáveis de descanso e alimentação, filmes e séries.

Mas um número crescente de pessoas tem buscado outra alternativa: meditar.

Ao contrário do que se imagina, meditar não é “não pensar em nada”. Tampouco precisa ser praticada por horas, em posição de lótus num ambiente com música suave e cheiro agradável. Pode ser bem mais simples, especialmente para os iniciantes: bastam cinco minutos, sentado de forma ereta, confortável e com a respiração adequada.

O principal foco da meditação é produzir o relaxamento muscular e mental. Para a sua prática bastam três elementos: concentração, respiração e postura.

 

A criação do hábito

Como qualquer novo hábito, repetição e persistência farão com que os benefícios apareçam. O primeiro passo, sem dúvida, é quebrar a crença de que meditar é impossível para quem é muito agitado ou cheio de preocupações.

O esforço vale a pena. Além de conseguir se desligar das preocupações e dormir melhor, descansando o corpo e a mente, o concurseiro poderá estar concentrando na hora de estudar, no que realmente é importante.

Por isso, separe alguns minutos do seu dia, durante um mês ou dois, para testar o efeito da meditação nos seus estudos e na sua vida.

 

Benefícios da meditação para concursos

Aumenta a concentração

A meditação ajuda a aumentar a concentração do indivíduo durante as suas atividades, nesse caso, ela melhora o foco nos estudos. Isso porque quem medita diminui as chances de distração nos momentos em que precisa estar atento.

 

Desenvolve a paciência

O estresse e ansiedade costumam acompanhar de perto os concurseiros, e isso se torna um grande problema, pois esses sintomas interferem diretamente no rendimento da pessoa. Você vai sentar-se e contemplar a própria mente, quando todos estão correndo, ansiosos e preocupados.

 

Aquieta a mente

A rotina agitada faz com que o concurseiro sinta-se sobrecarregado mentalmente. Você costuma pensar em coisas que não tem nada a ver com o que está fazendo no momento?

A meditação ajudará a pessoa a descansar a sua mente, eliminando os pensamentos negativos e diminuindo a pressão do dia a dia.

Aumenta a capacidade de memorizar o conteúdo

Com o estresse e a ansiedade reduzidos, o seu cérebro consegue memorizar melhor os conteúdos estudados e, consequentemente, consiga obter bons resultados e uma boa colocação diante dos seus concorrentes.

 

Caso tenha se identificado com os sintomas que meditação pode ajudar a melhorar, por que não tentar essa nova prática no seu dia a dia? Bastam poucos minutos e, caso você se adapte bem, os benefícios são enormes.

ESTUDE JÁ COM O MATEMÁTICA PASSO A PASSO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *